Consciência Corporal: Para que serve, Benefícios e Dicas

Consciência corporal é a capacidade de reconhecer onde seu corpo está no espaço. Seus músculos e articulações enviam ao seu cérebro informações sobre seu corpo e como ele se move. Você pode se perguntar por que a consciência corporal é importante?

A consciência corporal nos ajuda a entender como nos relacionar com objetos e pessoas em casa, na escola e ao ar livre. Por exemplo, a consciência corporal adequada nos diz até onde chegar a objetos ou quão perto ficar ao lado de uma pessoa.

Às vezes, se as pessoas têm dificuldades com a consciência corporal, elas podem parecer desajeitadas, descoordenadas ou ter atrasos no desenvolvimento da habilidade motora.

A consciência corporal é importante para ensinar durante todo o desenvolvimento infantil, porque pesquisas indicam que os fundamentos multissensoriais do eu corporal se desenvolvem ao longo do início e meio da infância, atingindo um estado adulto de 10 a 11 anos.

Consciência Corporal
FOTO: Elina Fairytale no Pexels

Para que serve Consciência Corporal?

Você já se viu esbarrando em coisas ou quase caindo sem motivo aparente? Você tem problemas para manter seu equilíbrio?

Talvez você trabalhe no computador e, enquanto está sentado na frente dele por horas, esqueça que até tem um corpo. Essas questões muitas vezes podem ser ajudadas por um pouco de consciência corporal.

A consciência corporal é o quão consciente e conectado você está ao seu próprio corpo. Também é conhecida como cinestesia, ou a consciência da posição e movimento das partes do corpo em relação aos músculos e articulações.

Envolve o sistema proprioceptivo, que informa para onde seus músculos estão se movendo e como, assim como o sistema vestibular, feito de órgãos na orelha interna responsáveis pela orientação espacial.

O sistema vestibular permite que você mantenha seu equilíbrio, postura e estabilidade da cabeça. Se você sentir tonturas, é provável que seu sistema vestibular seja afetado.

A consciência corporal também pode se estender às pistas do seu corpo. Quando você reconhece que está com fome, sede ou cansado, está exercendo a consciência corporal.

Principais benefícios para quem desenvolve a Consciência Corporal

A consciência corporal tem vários benefícios que vão desde a saúde física até a emocional.

Melhor equilíbrio e estabilidade

Um dos principais benefícios da consciência corporal é ter uma forte conexão mente-corpo. Quando você sabe e sente onde seu corpo está no espaço, é mais capaz de direcioná-lo para fazer o que deseja que ele faça.

Controle de peso

Há algumas evidências de que a consciência corporal pode ser uma ferramenta benéfica para o controle de peso.

Um estudo mostrou que pessoas com baixa consciência corporal eram mais propensas a comer na ausência de fome, o que o estudo relacionou ao risco de obesidade.

Controle da dor

Evidências sugerem que a consciência corporal pode reduzir a dor quando abordada conscientemente.

As pessoas que suprimiram as sensações corporais tiveram:

  • menor autoestima
  • menos contato físico
  • sintomas mais depressivos

As pessoas que usaram intervenções mente-corpo mostraram níveis mais altos de consciência e conexão com seus corpos. Isso resultou em maior autoaceitação, vitalidade e menor dor sensorial.

Quando você está mais ciente das dicas do seu corpo, pode entender melhor o que precisa de momento a momento. Isso significa que você pode dizer a diferença entre fome, sede, cansaço e sofrimento emocional.

Em vez de pegar uma barra de chocolate ou outro lanche menos nutritivo quando estiver cansado, dê a si mesmo permissão para tirar um cochilo.

Em vez de dormir demais quando estiver passando por um momento emocional difícil, você pode entrar em contato com seus entes queridos, exercitar o autocuidado ou entrar em contato com um terapeuta.

Entender o que seu corpo está comunicando pode ajudá-lo a atender melhor às suas próprias necessidades, levando a uma maior saúde e satisfação emocional.

Principais causas de uma má consciência corporal

As principais características da consciência são o estado de alerta e a orientação para o lugar e o tempo. Alerta significa que você consegue responder adequadamente às pessoas e coisas ao seu redor. Ser orientado para o lugar e o tempo significa que você sabe quem você é, onde está, onde mora e que horas são.

Quando a consciência é diminuída, sua capacidade de permanecer acordado, consciente e orientado é prejudicada. Consciência prejudicada pode ser uma emergência médica.

O cérebro é o principal responsável por manter a consciência. Seu cérebro precisa de certas quantidades de oxigênio e glicose para funcionar corretamente.

Muitas substâncias que você consome podem afetar a química do seu cérebro. Essas substâncias podem ajudar a manter ou diminuir a consciência. Por exemplo, a cafeína é um estimulante, o que significa que aumenta seus níveis de atividade cerebral.

A cafeína pode ser encontrada em muitos alimentos e bebidas que você consome diariamente, como café, refrigerante e chocolate. Por outro lado, analgésicos e tranquilizantes deixam você sonolento. Este efeito colateral é uma forma de comprometimento da consciência.

Doenças que danificam suas células cerebrais também podem causar comprometimento da consciência. Um coma é o nível mais grave de comprometimento da consciência.

Como desenvolver a Consciência Corporal?

Quase todo exercício físico pode aumentar a consciência corporal. Isto é especialmente verdadeiro se o exercício for combinado com a consciência intencional das partes e sensações do corpo.

Exercícios de equilíbrio

Melhorar o equilíbrio é uma maneira de ativar os sistemas proprioceptivo e vestibular, aumentando assim a conscientização do corpo. Exercícios de equilíbrio podem ser tão simples quanto andar em linha reta ou ficar em pé com um pé.

Ioga

A ioga é uma das formas mais conhecidas e amplamente praticadas de exercício de consciência corporal. Envolve vincular respiração e movimento para se tornarem mais presentes no corpo e na mente.

Demonstrou-se que tem vários benefícios, incluindo:

  • Alívio do estresse
  • melhora da saúde do coração
  • redução da inflamação

Meditação de varredura corporal

A meditação de varredura corporal é a prática de digitalizar o corpo e tomar consciência de sensações como:

  • Dor
  • tensão
  • dormência
  • sensações de relaxamento e bem-estar

Esse tipo de meditação pode melhorar o sono, reduzir a dor e diminuir os sintomas de estresse e ansiedade.

Meditação de movimento

Qualquer tipo de meditação de movimento pode ajudar a melhorar a consciência corporal. A meditação do movimento é uma forma ativa de meditar, onde os movimentos guiam a atenção.

Meditação da Atenção Plena

O termo “atenção plena” tem sido usado para se referir a um estado psicológico de consciência, às práticas que promovem essa consciência, a um modo de processar informações e a um traço de caráter.

Embora possa ser promovido por certas práticas ou atividades, como meditação, não é equivalente ou sinônimo delas.

Várias disciplinas e práticas podem cultivar a atenção plena, como ioga, tai chi e qigong, mas a maior parte da literatura se concentrou na atenção plena desenvolvida através da meditação da atenção plena.

Aquelas práticas de autorregulação que se concentram no treinamento de atenção e conscientização, de modo a colocar os processos mentais sob maior controle voluntário e, assim, promover o bem-estar mental

Pesquisadores teorizam que a meditação mindfulness promove a consciência corporal, diminui a ruminação via desengajamento de atividades cognitivas perseverativas e aumenta as capacidades atencionais por meio de ganhos na memória de trabalho. Esses ganhos cognitivos, por sua vez, contribuem para estratégias eficazes de regulação emocional.

Respiração e Consciência Corporal andam juntas

Diferentes padrões respiratórios ativam nossas redes cerebrais relacionadas ao humor, atenção e consciência corporal.

A respiração acelerada envolve inalar e expirar conscientemente de acordo com um ritmo definido. Por exemplo, você pode inalar por quatro contagens, expirar por seis e repetir.

Pesquisas anteriores mostram que exercícios respiratórios acelerados podem concentrar a atenção e regular o sistema nervoso. Até o momento, no entanto, sabemos pouco sobre como isso afeta a função cerebral em humanos.

Cuidados com o Corpo e a Mente são muito importantes

Se o nosso corpo e mente estiverem saudáveis ​​e alinhados, o resto de nossa saúde física seguirá. Agora, isso não quer dizer que devemos pendurar nossos tênis de corrida e pegar a caixa de Oreos. Mas quando estivermos no estado emocional certo, também começaremos a priorizar o cuidado com o nosso estado externo.

Quando estamos engajados na vida, crescendo, aprendendo e descobrindo coisas novas sobre nós mesmos, estamos praticando autocuidado e autocompaixão.

Estamos priorizando nossas necessidades e mostrando amor por nós mesmos, preocupando-nos com o que precisamos e queremos. Quando vivenciamos essa mudança, naturalmente começamos a nutrir nosso eu físico também.

A nutrição vai além de uma alimentação saudável ou descanso. Assim como uma mãe nutre um filho, começamos a pensar em nós mesmos com mais bondade e compaixão.

Reconhecemos que somos um trabalho em andamento e que os erros fazem parte da jornada. Percebemos que estamos caminhando em direção ao crescimento espiritual e emocional e à realização.

Melhor ainda, quando começamos a ter compaixão por nós mesmos, vemos como estamos gastando nosso tempo e paramos de perder tempo com coisas fúteis.

Em vez disso, encontramos maneiras de preencher nosso tempo com atividades que nos ajudam a crescer e nos levar em direção à vida que desejamos. Começamos a nos amar e a descobrir a importância do autocuidado e da compaixão.

De repente, o buraco que poderíamos estar tentando preencher em nós, desapareceu. Se não estivermos trabalhando nossa saúde física e mental — nunca encontraremos a verdadeira saúde e felicidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo